A gênese de um livro (IV)

A taça dourada* O sol não brota; ele se mostra com tudo o que a noite esconde. Sol em minha janela e sua fronde de pinheirinho molhado; amostra de desejo e fonte de toda paz; do que tenho merece graças dar o que não tenho aragem sagaz da chuva que cai a nos molhar. A … Continue lendo A gênese de um livro (IV)

A gênese de um livro (III)

Canções americanas (2) Ah! azevinheiro em minha janela mas meu coração não está mais lá; estreita era a cama - nós dois nela, mas meu amor está amarrado lá. Mas meu amor está amarrado lá onde a grama está sempre verde o silêncio permite ao nightingale cantar sem que o deserdem. Cantar sem que o … Continue lendo A gênese de um livro (III)

Dia dos Namorados na América

Valentine's Day 2017 Mesmo com a advertência de Drummond na memória ("Não faças versos sobre acontecimentos"), ousei um poema para minha musa, neste Valentine's Day in USA. Confira, caro(a) leitor(a). AQ./. Plantation, Florida, US, 14th, Feb/2017.

Sobre Diogo Rosas G

Continuando a série de leituras sobre a novíssima literatura feita no Brasil, apresento artigo sobre o livro de DIOGO ROSAS G. divulgado em Opção Cultural, caderno dedicado à Cultura no Jornal Opção, Goiânia, ed. 2170, 13.02.2017. Para ler o artigo, clique na imagem abaixo.

Poesia e profecia

Poesia e profecia, draft de poemas do novo livro de Adalberto de Queiroz.

A gênese de um livro (II)

Os decapitados* (c)Adalberto de Queiroz Eles vêm ao acaso de todos os cantos do mundo – serão os algozes Atenderam o chamado, às dezenas, depois às centenas; ao fim, milhares Tantos assim que por último não havia onde as cabeças depositar-lhes. Os homens que ali sacrifícios realizam, do deserto eram flores ferozes. As nossas armas … Continue lendo A gênese de um livro (II)

A gênese de um livro (I)

Esqueça o Poema (1) https://sway.com/s/QUlK1rDWHPWSuzM2/embed