Um outro céu que vai além dos 10 mil pés de altitude


O encanto da Web, como “mar de conhecimento compartilhado” (Sir Berners-Lee) nos provê belezas como esta.
Conheci Lucide De Godoy num curso virtual – meio abandonado por conta da prioridade zero que se tornou o lançamento dos “Cadernos de Sizenando”.
E eis que dessa brasileira que vive em Amsterdam, nos chegam boas fotos e bons textos. Confira o link abaixo.

Um outro Céu... There is Another Sky
(c) Copyright – Lucile De Godoy – Pôr-de-sol sobre as nuvens nos céus da Holanda.

A foto foi intitulada “Sunset over the clouds in Holland ©Copyright 2014 de dona Lucile luciledegodoy.com”

(“Pôr-de-Sol sobre nuvens nos céus da Holanda” – A tradução abaixo é minha, textos de Mme. De Godoy).

Tirei esta foto, durante o vôo da volta da Holanda para o Brasil (casa lá e cá), pela janela do avião.

“Esse vai-e-vem foi pleno de alegria e ‘saudades’ (desejos?!) – um equilíbrio entre ambos os sentimentos-  enfim -; mas nenhuma tristeza tem lugar em meu coração…

“E foi essa vista da janela que me fez lembrar o poema de Emily Dickinson.”

* While flying back home (Holland) from home (Brazil)… I made this photo through the glass window. This back and forth journey is made of both joy and longing – balancing each other out, though – so no sadness inhabits my heart. As I looked outside, I thought of this poem of Emily Dickinson.

+++++

O Poema de Emily, cit. by Lucile De GODOY.


“There is another sky,

Ever serene and fair,

And there is another sunshine,

 

Though it be darkness there;

Never mind faded forests, Austin,

Never mind silent fields –

 

Here is a little forest,

Whose leaf is ever green;

 

Here is a brighter garden,

Where not a frost has been;

In its unfading flowers

 

I hear the bright bee hum:

Prithee, my brother,

Into my garden come!”

–Emily Dickinson.*
(*)Mais tarde, tentarei uma tradução para o português, menos amadora do que a minha para o texto de Lucile. (AQ).

2 comentários em “Um outro céu que vai além dos 10 mil pés de altitude

Adicione o seu

  1. Não encontrei em minhas fontes (que não são poucas) uma tradução do poema de Emily Dickinson.
    E mesmo em inglês, as referências a este poema, entre os mais de 1800 poemas da solitária de Amherst são poucas: nada há sobre este poema em Vendler, nem tampouco em Sewall.
    Há esta referência na web a conferir: http://genius.com/Emily-dickinson-there-is-another-sky-annotated
    Continuo devendo uma tradução do poema que me despertou uma referência a Isaías 65:17: “Pois eu vou criar novos céus, e uma nova terra; o passado já não será lembrado, já não volverá ao espírito, 18 mas será experimentada a alegria e a felicidade eterna daquilo que vou criar.” (a idéia do Jardim a que a abelhinha convida que o Leitor entre é bem cristã! O que você, leitor, pensa sobre isso?).
    Amitiés,
    Beto.

    Curtir

  2. Dos quase 1800 poemas produzidos, apenas 6 foram publicados em vida… e ainda assim sem o consentimento de Emily Dickinson. É o que diz o The Oxford Companion to American Literature. http://books.google.com.br/books?id=hvmfshZxPf0C&lpg=PP1&dq=James%20D.%20Hart&hl=pt-BR&pg=PA175#v=onepage&q=emily%20dickinson&f=false
    Talvez isso já estivesse expresso e bem expresso neste poema:
    “Publicar – é como leiloar
    A consciência humana –
    A pobreza justificaria
    Essa mesquinharia”.

    Abaixo o original em Inglês:
    “Publication – is the Auction
    Of the Mind of Man –
    Poverty – be justifying
    For so foul a thing.”
    (*) Tradução para o Português de dona Aíla de Oliveira Gomes “Uma Centena de Poemas”T.A.Queiroz/USP, 1985, p. 102/3.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: