Bem-vindo, Papa Francisco


Caríssimos leitores,

Desculpem-me por ficar tanto tempo sem postar. Desde então, fiz uma porção de coisas interessantes. Como este blog não é confessional no sentido de dizer tudo, vou atualizá-los quanto aos meus sentimentos.

O fato é que o mundo deu uma ‘balançada’ bem extraordinária. Um papa renunciou depois de 600 anos. A Igreja Católica não se baliza por décadas, como sabemos (os católicos),; mas Bento XVI é protagonista de um ato inusitado se pensarmos em cronologia. É verdade que a Igreja não pensa em anos, pensa em séculos…

Eu sou formalmente um católico muito ‘recente’. Eu fui criado no ambiente do Protestantismo moderado no Brasil, com influência norte-americana.

Eu me converti ao Catolicismo aos 49 anos, embora já convencido de que era a religião (e a celebração/denominação) mais adequada há alguns anos antes em minha vida. Faltava a decisão espiritual, muito por conta da disciplina que o Catolicismo exige de nós.

Eis-me aqui! Quase 10 anos depois, tendo vivido a orientação espiritual de meus sacerdotes locais, e a inspiração do Papa João Paulo II, de Bento XVI; diante do Papa Francisco.

.

O que dizer deste “Servo do Senhor” ?
– Que Deus o abençôe, Papa Francisco.
A Igreja espera muito do Senhor. A Juventude espera muito do Senhor. A Vida espera tudo do Senhor.
O Bispo de Roma, Francisco, é o nosso Pastor. Cuide bem da Igreja. A Ordem de onde (no fim-do-mundo) os Cardeais (inspirados pelo Espírito Santo) te acharam e o Lugar (Argentina) não me importam inicialmente (pois o Papa não tem Nacionalidade).
És Francisco, como o Poverello de Assis. És o nosso Pastor. Deus te Abencôe. Nossa Senhora te Proteja (que lindo ver o Senhor rezando o que rezamos em nossas paróquias e nossas casas quando estamos diante de desafios bem menores do que Sua Santidade!). Rezo por Francisco. Deus proteja o Papa Francisco. Papai Francesco!

2 comentários em “Bem-vindo, Papa Francisco

Adicione o seu

    1. Obrigado, amiga Claire.
      Espero que Francisco possa fazer como seu antecessor no sonho descrito por G.K.Chesterton: colocar Roma de cabeça-pra-baixo, no sentido de trazer de volta a Santa Sé à verdade Humildade e ao Reconhecimento do Outro.
      Amitiés,
      Beto.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: