Emily Dickinson, ainda uma centena de poemas


Are Friends Delight or Pain?
Could  Bounty but remain
Riches were good –,

But if they only stay
Ampler to fly away
Riches are sad.
++++++++++++++++++++

Amigos são dor ou ventura ?
Durasse sua fartura
A riqueza era boa.
Se eles, porém, só se demoram
Cobrando força p’ro vôo –
A riqueza é agrura.

++++

Poema 1199, p.136/7, “Emily Dickinson: Uma Centena de Poemas”, Edit. T.A.Queiroz/USP, S.Paulo, 1984. Tradução, introdução e notas de Aíla de Oliveira Gomes.
Nota da tradutora:
“A medida curta, tercetos de 6-6-4 sílabas, com 3-3-2 acentos, foi substituída por outra, de 8-7-6 sílabas, com os mesmos números de acentos tônicos (forçado, uma vez, na primeira estrofe). As liberdades tomadas quanto ao esquema rítmico não só encontram respaldo no encontro  ‘sad’ e ‘good’ (Vs. 3 e 6 do original) como são compensadas por todos os finais de versos mantidos numa área vocálica constante, entre /u/ e /o/.
“Amor e amizade, nos poemas de Emily Dickinson, estão sempre ligados à separação. A miséria, para a abelha, é a sua separação da rosa” (cf. 620).
Provavelmente, dona Aíla queira se referir a (211), assim traduzido:
“Chega apressada à flor,
Zumbe em volta a sua alcova
Avalia o néctar,
Entra – e se afoga em bálsamos (211).

No original inglês:
(Reaching late his flower,
Round her chamber hums –
Counts his nectars –
Enters – and is lost in Balms.)
(p.48/49, op. Cit.)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s