Emily Dickinson, 29/100*


Some things that fly there be
Birds – Hours – the Bumblebee
Of these no Elegy.

Some things that stay there be –
Grief – Hills – Eternity
Nor this behooveteh me.

There are that resting, rise.
Can I expound the skies?
How still the Riddle lies!


Há certas coisas de voar –
Aves – Abelhas – horas do dia –
Delas nenhuma elegia –

Há outras coisas de ficar –
Dor – Colinas – Eternidade.
Não me competem, em verdade.

E há outras que o repouso re-anima –
O arcaz dos céus posso eu expor?
Tão quieto jaz o enigma!

+++++
(*) Fonte: Dickinson, Emily. “Uma Centena de Poemas” (656).
Tradução Aíla de Oliveira Gomes, T.A.Queiroz Ed/Usp, 1985, pág. 40/41.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: