Da série `Posts Perdidos´ (2)


A doçura
Adalberto de Queiroz*
A doçura,
– Que Tomás em segredo me revelara
(em minha confissão continuada):
É produzida
Pela ação do calor
”.
 
Por este trópico onde, exaurido
Traço o caminho de minha vida
ouso pensar, enquanto só: 
– A doçura, te recordas?
É produzida pelo calor
Que lento digere
E dissolve
O úmido…
” 

Entanto, meu corpo 
É doce, segreda a amada:
– Não por ser quentinho. 
O úmido e doce e o salgado reúne
Feito edredom
Que nos cobre
E nos une. Mas isso já é outra coisa
Onde a doçura aquece ainda mais. 
====
Originalmente, publicado em Goiânia, 26/06/2004.

Um comentário em “Da série `Posts Perdidos´ (2)

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: